RECURSOS PARA PROVA OFICIAL CBMDF

QUESTÃO 4.

OBS: O Seu recurso deve ser apresentado de forma individual. Abraços!

Na assertiva de letra B em que se afirmava: “Demonstra a representação da concessão como hipótese.” Aqui se encontra a assertiva correta, porque ‘embora’ é uma conjunção concessiva nas duas frases, traz consigo a dúvida sobre o fato exposto, traz uma hipótese. Os tempos verbais usados nas duas frases em análise também reforçam o fato de que se trata de hipótese e não de certeza: ‘tenhamos’ e ‘queiramos’; ambos no modo subjuntivo dos verbos, conferindo-lhe a marca da incerteza, da hipótese. Esta, portanto, é a assertiva correta nesta questão.

OBS: O Seu recurso deve ser apresentado de forma individual. Abraços!

NÃO COMPIEM EXATAMENTE IGUAL. ESCREVA DE SUA PRÓPRIA MANEIRA

A questão 11

Em que x é o número de quilômetros rodados e as funções representam o rendimento de cada empresa em reais. A proposta B será mais vantajosa sempre que x for maior do que 155 km. Não há item com esse valor!

A=200 + 90*K B=(2100 + 80*K)*1,1

Igualando: 200 + 90*K = (2100 + 80*K)*1,1 K é maior do que 155km

OBS: O Seu recurso deve ser apresentado de forma individual. Abraços!

NÃO COMPIEM EXATAMENTE IGUAL. ESCREVA DE SUA PRÓPRIA MANEIRA

A questão 13

A questão 13, da prova do CFO do QOBM/Comb., aborda a matéria prevista no anexo I do edital. O gabarito considerou a afirmativa “C” errada. Apesar da compreensão inicialmente estabelecida por esta Banca Examinadora, requer a ponderação de que, de acordo com BRAGA, Theodoro. Desenho Linear Geométrico. São Paulo. Editora Ícone. 13° ed., qualquer triângulo possui três alturas. Desta forma, o triângulo retângulo em questão possui como alturas: o cateto menor (15 cm), o cateto maior (20 cm) e a altura perpendicular com a hipotenusa (12 cm). Ademais, a altura a ser somada ao perímetro não foi especificada, senão vejamos: “a soma das medidas do perímetro desse triângulo com sua altura é igual…”. Assim, podemos afirmar que os valores 72 cm, 75 cm e 80 cm, completam a afirmativa corretamente. Assim, requer-se a anulação da questão, diante da duplicidade de respostas corretas, em descumprimento ao item 7.2 do edital que diz que cada questão terá apenas uma resposta correta.

OBS: O Seu recurso deve ser apresentado de forma individual. Abraços!

NÃO COMPIEM EXATAMENTE IGUAL. ESCREVA DE SUA PRÓPRIA MANEIRA
Questão 19.

A banca confundiu AMETAL com METAL. Dificultando a resoluçãoo da questão

Recurso Questão 19 – CFO. Solicito a revisão do gabarito preliminar concedido a esta questão pelo fato da questão não apresentar uma alternativa correta. O gabarito preliminar apontou como correta a alternativa de letra “D”, porém não há alternativa correta na questão.

Peter Atkins em sua obra “Princípios de química: questionando a vida moderna e o meio ambiente” afirma que: “A ligação química é a junção de dois átomos. Forma-se uma ligação química entre os dois átomos se o arranjo resultante dos dois núcleos e seus elétrons tem menos energia do que a energia total dos átomos separados. Se o abaixamento de energia pode ser obtido pela transferência completa de um ou mais elétrons de um átomo para o outro, formam-se íons e o composto mantém-se pela atração eletrostática entre os íons. Este tipo de arranjo é chamado de ligação iônica” (pág. 163) e conclui “A energia necessária para a formação de ligações iônicas é fornecida, em sua maior parte, pela atração coulômbica entre íons de cargas opostas. O modelo iônico é uma boa descrição da ligação entre não-metais e metais” (pág. 165). O que nos leva a crer que as ligações iônicas ocorrem entre não-metais e metais, por meio de transferências de elétrons entre átomos, formando íons de cargas opostas. Em sequência, Atkins descreve as ligações entre não-metais: “Para explicar a ligação entre dois átomos de não-metais, a proposta de Lewis é que um par de elétrons é compartilhado pelos dois átomos, isto é, os elétrons interagem com os dois núcleos. Em outras palavras, os dois átomos ficam juntos porque ocorre interação coulômbica entre os dois elétrons e os núcleos. Nenhum dos átomos perde totalmente um elétron e, portanto, nenhum átomo precisa receber a totalidade da energia de ionização” e destaca “Os elementos não-metálicos compartilham elétrons para formar ligações covalentes entre si” (pág 170). O que nos diz que as ligações covalentes ocorrem pelo compartilhamento de elétrons entre não-metais.

Atkins afirma ainda que: “As ligações iônicas e covalentes são dois modelos extremos da ligação química. A maior parte das ligações reais têm caráter duplo, parte iônica e parte covalente. Quando descrevemos as ligações entre não-metais, a ligação covalente é um bom modelo. Quando um metal e um não-metal estão presentes em um composto simples, a ligação iônica é um bom modelo. Em muitos compostos, entretanto, as ligações parecem ter propriedades entre esses dois modelos extremos” (pág 181). O comando da questão solicita ao candidato que: ”assinale o composto com maior quantidade de elétrons doados por um ametal”. Os compostos das alternativas “A” e “B”, ácido clórico (HClO3) e ácido nítrico (HNO3), respectivamente, são formados por H e ametais, e, portanto, são compostos formados por ligações covalentes, onde há o compartilhamento de elétrons e, portanto, não podem ser considerados como as alternativas corretas. O composto da alternativa “C”, cloreto de sódio (NaCl), é formado por ligações do tipo iônicas, ou seja, entre um metal e um ametal, onde o metal (Na, menos eletronegativo) transfere (doa) elétrons para o ametal (Cl, mais eletronegativo), o que também torna o item incorreto.

Desta forma, resta a alternativa “D”, cujo composto é o sulfato de potássio (K2SO4). Tendo como base o que foi exposto acima, pode-se concluir que este composto possui ligações que são em parte do tipo iônica, ou seja, entre metal e ametal (elementos K e S) e em parte covalentes, ou seja, entre ametal e ametal (elementos O e S). Desta forma, segundo Atkins, entre o elemento K e S ocorre uma ligação iônica e, portanto, há transferência de elétrons do metal (K, menos eletronegativo) para o ametal (S, mais eletronegativo). As ligações entre O e S, por sua vez, são do tipo covalente (entre ametais) e, portanto, há compartilhamento de elétrons e não doação. Sendo assim, percebe-se que não há, no sulfato de potássio, ametal que doe elétrons, o que vai contra o enunciado da questão, tornando o item incorreto. Sendo assim, solicito a anulação da questão, por não apresentar, dentre as alternativas, opção correta.

Valores de eletronegatividades dos elementos Na, Cl, O, K e S: Na = 0,93; Cl = 3,2; O = 3,4; K = 0,82; S = 2,6. Atkins, Apêndice 2D (págs. 840-849) Referências: ATKINS, P.W.; JONES, Loretta. Princípios de química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. 3.ed. Porto Alegre: Bookman, 2006. 965 p.

https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81cido_cl%C3%B3rico https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81cido_n%C3%ADtrico https://pt.wikipedia.org/wiki/Cloreto_de_s%C3%B3dio https://pt.wikipedia.org/wiki/Sulfato_de_pot%C3%A1ssio

OBS: O Seu recurso deve ser apresentado de forma individual. Abraços!

Questão 51

A questão deve ser anulada, uma vez que: O item I, está correto e encontra-se descrito no artigo 100, inciso V da LODF. O item III, expressamente descrito no artigo 101-A, inciso III. Contudo, o item II está errado, pois no Título II em seu Capítulo VI “Dos Servidores Públicos do DF”, que abrange os artigos 33 ao 44, não há qualquer dispositivo, acerca do Corpo de Bombeiro Militar. Portanto, os itens corretos descritos na questão seriam os itens I e III. Assim, em nenhuma das alternativas apresentadas ao candidato continham os itens descritos na questão. Por esse motivo a questão deve ser anulada. OBS: O Seu recurso deve ser apresentado de forma individual. Abraços!

NÃO COMPIEM EXATAMENTE IGUAL. ESCREVA DE SUA PRÓPRIA MANEIRA

RECURSOS – PROFESSOR ANDRÉ RODRIGUES QUESTÃO 70

: Conforme previsto no Edital 001/CBMDF, de 1º de julho de 2016, é conteúdo programático a disciplina Emergências Pré-Hospitalares. O termo emergências pré- hospitalares para todo efeito assistencial se equivale ao termo Atendimento Pré- Hospitalar, ou seja a assistência dispensada a indivíduos acometidos por traumas ou quadros clínicos agudizados, como se vê na definição dada pelo Regulamento Técnico dos Sistemas Estaduais de Urgência e Emergência, aprovado pela Portaria 2048/GM, de 05 de novembro de 2002: O Atendimento Pré-Hospitalar Fixo é aquela assistência prestada, num primeiro nível de atenção, aos pacientes portadores de quadros agudos, de natureza clínica, traumática ou ainda psiquiátrica, que possa levar a sofrimento, sequelas ou mesmo à morte, provendo um atendimento e/ou transporte adequado a um serviço de saúde hierarquizado, regulado e integrante do Sistema Estadual de Urgência e Emergência. Este atendimento é prestado por um conjunto de unidades básicas de saúde, unidades do Programa de Saúde da Família (PSF), Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS), ambulatórios especializados, serviços de diagnóstico e terapia, unidades não-hospitalares de atendimento às urgências e emergências e pelos serviços de atendimento pré- hospitalar móvel. Nota-se que todas as estruturas de saúde citadas pela supracitada norma são unidades pré-hospitalares, ou seja, não são hospitais. Entretanto, segundo gabarito preliminar divulgado, a questão 70 possui como gabarito o item D, fato que este demandante concorda, porém extrapola o previsto em edital, já que o referido item tem cunho hospitalar, conhecimento não exigido em edital. Além disso, seu conteúdo se aplica a profissionais de fisioterapia, competência não exigida para o cargo de Oficial Combatente do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, como se vê no item 1.5 (e seus subitens) do Edital 001. Isso posto, solicito a anulação da questão 70 por não haver compatibilidade entre o conteúdo e competências previstas em edital com o aplicado no item D da questão.

OU OU OU

• Ausência de conteúdo programático: fisioterapia precoce não consta do edital. Aliás, nenhuma das alternativas consta do edital, pois não são sinais ou sintomas do TRM. • Mais de uma resposta correta: observa-se que a escrita do item B torna o item errado, pois o choque medular é uma situação temporária. Para tornar o item correto dever-se-ia reescrever o item com a palavra temporário.

A fisioterapia precoce, ainda no período hospitalar, por meio de diferentes técnicas cinesioterapêuticas, é eficaz em todas as fases da doença, previne deformidades, proporciona maior independência funcional e melhora a qualidade de vida. Cinesioterapia passiva é imprescindível para a manutenção da amplitude articular e da flexibilidade, enquanto os exercícios de resistência e força muscular garantem mudanças do sistema cardiovascular, previnem as complicações circulatórias e melhoram as capacidades funcionais. Se você errou essa questão, tente recurso da alternativa incorreta pois o atendimento fisioterápico não cabe no atendimento pré-hospitalar do TRM que é o foco do nosso edital.

OBS: O Seu recurso deve ser apresentado de forma individual. Abraços!

NÃO COMPIEM EXATAMENTE IGUAL. ESCREVA DE SUA PRÓPRIA MANEIRA: QUESTÃO

70 EPH- A alternativa correta, dada como letra D, trata-se de uma ação intra hospitalar, que excede aquilo cobrado no edital, que faz referência às emergências pré-hospitalares. Além disso, trata-se de uma ação de fisioterapia, específica do profissional formado na área, algo também não exigido no edital. Um outro equívoco da questão está contido na Letra B, há diversos conflitos entre literaturas à respeito, principalmente em literaturas bem renomadas como o ministério da saúde, instituição modelo do país. A alternativa B trata como correto que o Choque Medular se caracteriza pela perda de todas as funções neurológicas abaixo do nível da lesão medular. Segundo algumas importantes literaturas, não se trata especificamente da perda de todas as funções neurológicas abaixo do nível da lesão, podendo comprometer algumas funções neurológicas ou quase todas abaixo do nível da lesão e, novamente, não necessariamente de todas as funções como afirma a alternativa. A seguir, trechos das literaturas a respeito do Choque medular e suas respectivas fontes:

1- “Cabe ressaltar que em casos traumáticos, durante a fase de choque medular, PODE haver ausência de reflexos, sendo impossível durante este período predizer se a lesão é completa ou incompleta.” (Logo, não necessariamente é a perda de todas as funções neurológicas). Fonte: “Diretrizes de atenção à pessoa com lesão medular do Ministério da Saúde, Página 15” – http://bvsms.saude.gov.br/b…

2-“O choque medular se caracteriza por uma DIMINUIÇÃO OU ABOLIÇÃO sensorial, motora e refléxica abaixo do nível da lesão (NL), podendo durar cerca de 4 a 6 semanas.” Fonte: Revista da Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação, Vol 24 I Nº 2 I Ano 21 (2013), Pág 46.

3-“The term “spinal shock” applies to all phenomena surrounding physiologic or anatomic transection of the spinal cord that results in temporary loss or depression of all or most spinal reflex activity below the level of the injury.” – Tradução : “O termo “Choque medular” se aplica a todos os fenômenos que envolvem a transeção fisiológica ou anatômica da medula espinhal que resultam em perda ou depressão temporária DE TODA OU A MAIORIA da atividade refletiva espinhal abaixo do nível da lesão ” – Patty Pate Atkinson, M.D., John L.D. Atkinson, M.D/ Department of Neurology, Mayo Clinic Rochester, MN 55905 USA/ https://www.ncbi.nlm.nih.go…

4. “No trabalho recente de Ditunno et al 9 o choque medular é dividido em quatro fases: ARREFLEXIA ou HIPORREFLEXIA (0-24 horas); reversão inicial com aparecimento de reflexos (1-3 dias); hiperreflexia inicial (4 dias – 1 mês) e espasticidade (1-12 meses). Fonte: Revista da Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação, Vol 24 I Nº 2 I Ano 21 (2013), Pág 46.

Portanto, tendo em vista as literaturas acima e que não há um consenso sobre o choque medular, já que esse pode ser caracterizado pela perda total ou parcial das funções neurológicas abaixo do nível da lesão (arreflexia e hiporreflexia), pede-se a anulação da questão por haver incompatibilidade do assunto com o edital e do número de alternativas corretas, que são duas: B e D.

71 de EPH

NÃO COMPIEM EXATAMENTE IGUAL. ESCREVA DE SUA PRÓPRIA MANEIRA

A questão não deixa claro se o adulto é saudável ou se possui o edema cerebral citado no enunciado. segundo o livro de medicina intensiva, um paciente com edema cerebral tem valores normais da PIC <20. Sendo assim, impossibilita a escolha de uma alternativa correta. Manual de medicina intensiva 1a edição Por Flavio Nacul Usem outra fonte.

A questão refere-se em relação aos valores nominais normais da Pressão Intracraniana, de acordo com alguns autores os valores estão entre 0 a 15 mmHg, entretanto na prática clínica é aceitável e considerados valores normais de até 20 mmHg. Portanto, a questão deveria se aproximar ao máximo da realidade do Atendimento Pré-Hospitalar feito pelos Bombeiros Militares. Solicito a anulação, pois a mesma está como resposta a Letra A, e Referência: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/enfermagem/pressao-intracraniana-pic/32373

Questão cabe recurso visto que o edital cobrou atendimento pré-hospitalar do TCE e esse tópico trata-se do atendimento hospitalar, sendo a PIC verificada por meio de um cateter invasivo colocado no tecido cerebral intraparenquimatoso ou nos ventrículos, sendo instituído no centro cirúrgico.

OBS: O Seu recurso deve ser apresentado de forma individual. Abraços!

QUESTÃO 75

NÃO COMPIEM EXATAMENTE IGUAL. ESCREVA DE SUA PRÓPRIA MANEIRA

OU

Não há resposta correta, pois todas as síndromes ali descritas não condizem com o enunciado. Síndrome de Don Juan sequer possui CID cadastrado, sendo um transtorno psicológico. Além disso, não há previsão no edital para a cobrança da referida questão.

OU

Essa questão cabe recurso, pois não consta no edital cinemática do trauma de extremidades. Além disso, o conhecimento das outras alternativas envolve outras temáticas de doenças que do mesmo modo não estão no edital. Está muito associada com mulheres grávidas com aumento da pressão arterial, sendo uma das principais causas de mortalidade materna, observe que essa temática nada tem haver com o nosso edital, lamentável.

OBS: O Seu recurso deve ser apresentado de forma individual. Abraços!

Anúncios

Um comentário em “RECURSOS PARA PROVA OFICIAL CBMDF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s